RÁPIDAS DAS FASHION WEEK (Fall 2014): LV, a primeira de Nicolas!

  Esta “rápida” não é assim tão rápida. Louis Vuitton pelas mãos de Nicolas Ghesquière foi um dos desfiles mais aguardados da temporada, e tristeza foi a sensação que se apoderou de mim quando vi as primeiras imagens…

 

LV a primeira de Nicolas 

Por mais que gostasse de ter aquele casaco que abriu o desfile no meu guarda roupa – iria venerá-lo concerteza – e de todo o carinho e respeito por Nicolas Ghesquière, a coleção Louis Vuitton, a mais aguardada da temporada, deixou-me triste… Conhecem aquela sensação de perda?… Depois de termos um Marc Jacobs a marcar estações com quadrados gigantes em preto e amarelo, a lingerie inspired envolta em casacos oversized, as leggings transparentes com pedrarias, um carrossel de emoções etéreas ou aquele inverno saído do passado num comboio a vapor de verdadeiras damas com bolsas de morrer, torna-se difícil encarar esta coleção como um novo começo que está no bom caminho – apesar das criticas positivas da imprensa especializada, na minha opinião moldada pelo carinho especial e proximidade ao novo designer.

E quanto mais olho para o legado de Marc, maior a sensação de perda!…

“Já perdemos Yves Saint Laurent para Hedi Slimane, será que vamos também perder a Louis Vuitton?”, pensei.

Já percebi que a “moda” é poder usar, é poder vender, é apostar mais em realidade e menos nas roupas distantes do dia a dia a dia, e que o cool não podia estar mais in… mas ver desfilar numa Paris Fashion Week, nomes e identidades de luxo, poder, magia e sonho, looks e looks seguidos de um prêt a porter tão prêt a porter, como quem entra diretamente numa loja, não faz propriamente parte do meu imaginário ou conceito de passerelle de topo.

Se gostei de algumas coisas? Gostei de algumas que usaria de bom grado. Mas achei uma coleção pouco marcante para a bandeira que transporta! (Ok, outras não gostei mesmo!)

 LV a primeira de Nicolas LV a primeira de Nicolas

 

Em sentido prático, a reter:

Cinturas subidas marcadas por cintos amarrados, linha A, brinco comprido só de um lado, ar cool, e casacos de couro de luxo.

 LV a primeira de Nicolas

Parece que caminhamos todos em sentido contrário… enquanto que os pequenos são cada vez mais inovadores, os grandes fazem um apelo ao básico e comercial. Eu deixo o meu: deixem-nos sonhar…

 

 

ENJOY!

 

 

What's your reaction?

Deixe seu comentário