MINAS TREND: O ABRAÇO DE FAVEN

FavenInverno2015_MinasTrend

Num cruzamento entre o passado e o futuro, o antigo e o moderno, a Faven para o próximo Inverno Brasileiro resgata o abraço, o afeto e a envolvência do tricôt!

Numa explosão de cores, com destaque para o azul e o laranja, de transparêcias, patchwork, sobreposições, de pelo e do efeito “franjas” de fios presos apenas por costuras, a marca esteve no seu melhor, e foi considerado um dos desfiles top da temporada Minas Trend Inverno 2015.

Essa foi também a minha opinião.

FavenInverno2015_MinasTrend_2 FavenInverno2015_MinasTrend_3 FavenInverno2015_MinasTrend_4 FavenInverno2015_MinasTrend_5 FavenInverno2015_MinasTrend_6 FavenInverno2015_MinasTrend_12 FavenInverno2015_MinasTrend_7 FavenInverno2015_MinasTrend_8 FavenInverno2015_MinasTrend_13 FavenInverno2015_MinasTrend_9 FavenInverno2015_MinasTrend_10 FavenInverno2015_MinasTrend_11 Faven Minas Trend - Inverno 2015  Foto : Gustavo Scatena/ FOTOSITE

Fotos: Agência Fotosite

BACKSTAGE:

Antes do desfile dei um saltinho ao backstage para ver tudo de perto, e troquei umas palavras com Natália Pessoa. O que terá ela a dizer sobre a coleção?…

FavenInverno2015_MinasTrend_15 FavenInverno2015_MinasTrend_16 FavenInverno2015_MinasTrend_17 FavenInverno2015_MinasTrend_18 FavenInverno2015_MinasTrend_19

Natália Pessoa, uma das estilistas e donas da marca

FavenInverno2015_MinasTrend_20 FavenInverno2015_MinasTrend_21

EM ENTREVISTA:

FavenInverno2015_MinasTrend_22

 

Helena Branquinho (HB) – Qual foi a inspiração para esta coleção?

Natália Pessoa (NP) – A inspiração é um resgate do maquinário antigo. A Faven está com 19 anos de mercado, e a gente fez o resgate de quando nós começamos. Eram aquelas máquinas manuais…  e a gente quis fazer uma coleção que fosse um aconchego, um abraço. Trabalhamos os fios tecnológicos nas máquinas do passado e trabalhamos os fios do passado com as máquinas tecnológicas, para a gente sentir que era uma coleção que estivesse te abraçando. Que tivesse um afeto também.

 

HB – É muito difícil manter um DNA nas coleções de tricôt e inovar ao mesmo tempo?

NP – Não. Na verdade, na essência, o DNA da Faven é sempre muita cor, listras… A Faven nasceu colorida, e a gente gosta das misturas de cores, eternamente!… E o tricôt te proporciona fazer essas misturas. Brincar com as cores para conseguir os seus padrões, as suas texturas, as suas estampas…

 

HB – É quase tão fácil do que trabalhar com tecido?

NP – Eu acho que é mais fácil, porque o tecido te deixa um pouco amarrada, eu acho, e o tricôt vai-te oferecendo muitas possibilidades.

 

FavenInverno2015_MinasTrend_23

Com Natália e Sonia Pessoa, eu vestida de Faven verão 2015.

NO STAND

FavenInverno2015_MinasTrend_26 FavenInverno2015_MinasTrend_24 FavenInverno2015_MinasTrend_25

Adoro o casaco!!!

FavenInverno2015_MinasTrend_27 FavenInverno2015_MinasTrend_28

Super interessante este efeito de póas…

FavenInverno2015_MinasTrend_29

Uma das minhas peças preferidas da coleção! Preciso!

FavenInverno2015_MinasTrend_30

Numa altura em que o body está em alta, achei esta mistura super interessante! Perfeito para peito pequeno!

FavenInverno2015_MinasTrend_32

Nem só de desfile se faz a coleção: camisetas cool, estampas coloridas artsy e não só, alguns apontamentos neon para animar o Inverno pouco frio. Shapes sporty que se misturam com saias femininas midi e curtas.

FavenInverno2015_MinasTrend_33 FavenInverno2015_MinasTrend_34 FavenInverno2015_MinasTrend_35

Tenis que misturam estampas, texturas e prometem um Inverno divertido em qualquer look!

FavenInverno2015_MinasTrend_36

Detalhes das paredes do stand. Impressão digital que imita uma pintura manual.

Photos Stand e Backstage: Ana Magalhães (@anahipolitomagalhaes)

ENJOY!

What's your reaction?

Deixe seu comentário