BEFW: We’e’ena Tikuna e Nuz (desfiles)

Na última edição do Brasil Eco Fashion Week (aqui), assisti ao desfile de duas marcas que focam aspetos importantes da sustentabilidade, cada uma à sua maneira, e que merecem partilha, não só pelas roupas que constroem, como pelos conceitos que difundem.

We’e’ena Tikuna Arte Indígena

Primeira marca de roupa indígena desenhada por uma própria Nativa, Weena Tikuna! Foi lindo ver como a designer se orgulha das suas origens, e as quer levar ao mundo. A coleção é facilmente reconhecida como tribal, sem deixar no entanto de criar desejo e ser facilmente usada em ambientes urbanos.

Weena Tikuna é formada em artes plásticas, tendo já arrecadado alguns prémios como a “melhor artista plástica indígena do Brasil”; é formada em nutrição, tendo já trabalhado na área em algumas clinicas; palestrante, e cantora indígena. Uma força da natureza!

Orgulhosa do seu povo e cultura, terminou o desfile com a mensagem: somos os guardiões da floresta, a força da resistência!

Saiba mais, e acompanhe: @we’e’enaTikunaArteIndigena

NUZ

A NUZ é focada em roupas que se transformam em múltiplas opções, e a sua sustentabilidade vem daí: da multiplicação, do com pouco fazer muito.

O desfile, sob o tema “Na beira do limite uma linha mole de água é o horizonte”, trouxe-nos peças fluidas e soltas, misturas de azul que lembram o movimento da água, rosas, rosa misturado com amarelo (lindo!).

Destaque também para as salopetes e os tecidos crus.

Vale a pena acompanhar: @nuz

What's your reaction?

Deixe seu comentário